Microbiota determina a permanência de bactérias resistentes a antibióticos nos intestinos

Estudo do Instituto Gulbenkian de Ciência abordou a relação entre a microbiota e a resistência de bactérias aos antibióticos, um problema que causa milhares de mortes todos os anos.

A individualidade de cada microbiota influencia a resistência aos antibióticos
Fotogaleria
A individualidade de cada microbiota influencia a resistência aos antibióticos Joana Carvalho
bacterias,antibioticos,instituto-gulbenkian-ciencia,saude,ciencia,doencas,
Fotogaleria
A individualidade de cada microbiota influencia a resistência aos antibióticos Joana Carvalho

Cada indivíduo tem uma microbiota única, que é composta por biliões de organismos microscópicos que vivem no nosso corpo. E que relação terá a microbiota de cada um com a resistência de bactérias aos antibióticos? Desvendar melhor esta relação foi a demanda de uma equipa de cientistas do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), em Oeiras. Para isso, fizeram-se experiências em ratinhos com e sem microbiota nos intestinos. Num artigo publicado na revista científica Nature Ecology & Evolution, conclui-se que a microbiota de cada indivíduo determina a permanência de bactérias resistentes a antibióticos nos seus intestinos.

Sugerir correcção