Torne-se perito

Directora dos Serviços de Informação e Análise da DGS sai do cargo. Organismo já encontrou substituto

Em plena pandemia, a directora dos Serviços de Informação e Análise da DGS Graça Lima abandonou o cargo, com dias de intervalo em relação à saída de outra figura-chave, a epidemiologista Rita Sá Machado. DGS garante que já encontrou substitutos.

saude,sociedade,portugal,governo,virus,doencas,
Foto

A directora de Serviços de Informação e Análise da Direcção-Geral da Saúde (DGS) Graça Lima saiu do cargo depois de ter estado um período de baixa médica. O pedido de cessação de funções produziu efeitos desde o passado dia 23 de Junho. Em poucos dias, a DGS perdeu algumas das suas figuras-chave no combate à pandemia, já que a chefe de Divisão de Epidemiologia e Estatística daquele organismo, Rita Sá Machado, também abandonou funções para integrar a equipa da Missão Permanente de Portugal junto dos Organismos e Organizações Internacionais das Nações Unidas, em Genebra.