Nélson Veríssimo vai comandar equipa do Benfica até ao final da temporada

SAD “encarnada” confirma a equipa técnica em comunicado à CMVM. Lage aproveitou para se despedir dos adeptos e pediu apoio para a equipa

Fábio Veríssimo vai continuar até ao final da temporada
Foto
Fábio Veríssimo vai continuar até ao final da temporada LUSA/MANUEL DE ALMEIDA / POOL

O Benfica confirmou esta terça-feira que irá manter Nélson Veríssimo no comando técnico da equipa principal até ao final da presente temporada. Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Sociedade Anónima Desportiva (SAD) “encarnada” divulgou a restante equipa técnica, que inclui Minervino Pietra, Marco Pedroso e Fernando Ferreira.

“Nélson Alexandre da Silva Veríssimo assume, até ao final da presente temporada, as funções de treinador da equipa principal de futebol”, anuncia o comunicado.

Depois de substituir Bruno Lage, de quem era adjunto, na 30.ª jornada da Liga, com um triunfo frente ao Boavista, por 3-1, Veríssimo, de 43 anos, assegurou a continuidade à frente do plantel benfiquista para as derradeiras rondas do campeonato e para a final da Taça de Portugal, frente ao FC Porto, nesta sua primeira experiência como técnico principal.

O treinador é um homem da casa, tendo feito praticamente toda a formação no clube da Luz. Antes de assumir o cargo de adjunto de Lage, Veríssimo desempenhava idênticas funções na equipa B, desde a temporada de 2012-13.

O Benfica aproveitou para agradecer o trabalho realizado por Lage, garantindo que ficará na memória o “inestimável contributo de Bruno Lage e de toda a sua equipa técnica para a brilhante reconquista do título no campeonato de 2018/2019”.

Lage despede-se de adeptos

Já Bruno Lage despediu-se também esta terça-feira dos adeptos “encarnados”, agradecendo o apoio que lhe deram enquanto comandou a equipa principal.

“Depois de me despedir do presidente, do director desportivo, do director-geral e de todos os jogadores, bem como de todos os que trabalham diariamente no Seixal, quero, agora, despedir-me de todos vocês, os adeptos, que são a essência deste clube único no mundo”, escreveu Bruno Lage, numa mensagem a que a agência Lusa teve acesso.

O treinador, de 44 anos, deixou o comando técnico do Benfica a 29 de Junho último (29.ª jornada), após a derrota por 2-0 no terreno do Marítimo, que deixou os lisboetas a seis pontos do líder FC Porto. Lage tinha assumido a equipa 3 de Janeiro de 2019, substituindo, então, provisoriamente Rui Vitória, quando o Benfica era quarto na I Liga, a sete pontos da liderança, acabando por recuperar e conquistar o título.

“O mais difícil é afastarmo-nos de algo em que acreditamos. E esse momento chegou. Muito obrigado. Que a onda vermelha volte rapidamente a apoiar a equipa nos estádios e a empurrá-la para novas conquistas. Agora, o mais importante é que o Benfica volte rapidamente às vitórias, como a de ontem... como a de amanhã”, prosseguiu Lage.

Benfica agradece a Lage

Também nesta terça-feira o Benfica agradeceu o “trabalhado realizado, em particular o valoroso e inesquecível contributo” de Bruno Lage para a conquista do 37.º título de campeão nacional de futebol.

“A Bruno Lage e a toda a sua equipa técnica, agradecemos o trabalhado realizado, em particular o valoroso e inesquecível contributo para o nosso 37.º título nacional, e desejamos-lhe as maiores felicidades pessoais e profissionais”, escrevem os “encarnados”, na sua newsletter diária.

Antes, o clube já feito um agradecimento público ao técnico, através de um vídeo partilhado nas redes sociais.

Sugerir correcção