Notas de acesso devem subir. A excepção podem ser os alunos muito bons

Os exames nacionais tendem a baixar as notas finais do secundário, o que não vai acontecer com as provas deste ano, que começam esta segunda-feira, que serão diferentes devido à pandemia. Perguntas opcionais permitem aos alunos responder às matérias que melhor dominam.

Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta

As regras que vão ser implementadas nos exames nacionais deste ano, em resultado dos constrangimentos que a pandemia provocou no dia-a-dia das escolas, devem fazer com que as notas subam. O seu peso nas médias dos alunos também diminui, o que resultará em médias de ingresso no superior mais elevadas, antecipam os especialistas. As provas finais do ensino secundário começam esta segunda-feira e prolongam-se por duas semanas.