Exame de Português: não saiu Saramago mas, “de uma forma geral, correu bem”

Os exames nacionais arrancaram esta segunda-feira com o exame de Português. No geral, os alunos estão satisfeitos com a sua prestação, embora surpreendidos por não ter saído O Ano da Morte de Ricardo Reis.

exames-nacionais-2020,educacao,sociedade,
Foto
PAULO PIMENTA / PUBLICO

No dia do exame nacional de Português, o PÚBLICO esteve na escola secundária Clara de Resende, no Porto. Nesta escola, 95 alunos fizeram o exame à disciplina. À saída, alguns dos estudantes responderam a um inquérito acerca do exame.

1. Como correu o exame? 

2. Correspondeu à matéria leccionada nas aulas?

3. O que gostavas que tivesse saído que não saiu?

4. Qual foi a pergunta ou tópico que correu pior?

Hugo Vieira, 18 anos, Línguas e Humanidades

PÚBLICO -
Foto
Inês Pinto da Costa

1. Principalmente a parte de interpretação correu bastante bem. Acho que a gramática não era o que muita gente estava à espera, acho que por aí foi mais difícil e pode ter complicado as contas a muita gente. De uma forma geral, correu-me bem. Acho que vou tirar uma boa nota, só não sei se vai ser a nota que quero.

2. Sim. 

3. Tendo em conta o tempo que passámos a estudar O Ano da Morte de Ricardo Reis, achei que ia sair alguma

coisa mas não posso dizer que esteja surpreendido. Saíram Os Maias e a poesia de Ricardo Reis portanto não posso dizer que esteja surpreendido. 

4. Alguns exercícios de gramática e certos recursos expressivos que são mais difíceis de recordar.

Mariana Chibante, 17 anos, Línguas e Humanidades

PÚBLICO -
Foto
Inês Pinto da Costa

1. De uma forma geral, correu bem. Fiquei um pouco nervosa na parte do início, onde tínhamos de relacionar algumas obras que não tínhamos dado, mas dava para perceber pelo contexto. Não correu mal, de todo.

2. Sim e acho que também estávamos bem preparados. Os professores prepararam-nos bem.

3. Eu já estava à espera que saísse a matéria que saiu.

4. Talvez a gramática.

José Manuel Lima, 18 anos, Línguas e Humanidades

PÚBLICO -
Foto
Inês Pinto da Costa

1. Correu bem, foi fácil.

2. Mais ou menos, estivemos algum tempo sem professora e foi complicado. Mas com explicações foi mais fácil.

3. José Saramago. 

4. Os Maias, não estava tão bem preparado.

Joana Beatriz Truta, 18 anos, Línguas e Humanidades

PÚBLICO -
Foto
Inês Pinto da Costa

1. Correu bem, acho que não foi muito difícil tendo em conta esta situação toda que se está a passar.

2. Sim e acho que não saiu muita matéria do 12.º ano.

3. Se calhar mais contos e poemas, onde sou melhor e não saiu tanto.

4. Os Maias, sem dúvida.

Pedro Areias, 18 anos, Curso Profissional de Multimédia

PÚBLICO -
Foto
Inês Pinto da Costa

1. Correu mais ou menos, podia ter corrido melhor.

2. Algumas coisa sim, outras não. Já estava à espera d’ Os Maias, Ricardo Reis também. Só não estava à espera do Sermão de Santo António aos Peixes.

3. Podia ter saído mais Fernando Pessoa, é a parte com que mais me identifico.

4. O Sermão de Santo António aos Peixes.

Bruno Abreu, 20 anos, Línguas e Humanidades

PÚBLICO -
Foto
Inês Pinto da Costa

1. Acho que correu bem.

2. Sim, correspondeu.

3. Eu li as obras todas, dei uma olhadela na gramática... Acho que não me faltou nada.

4. Gramática, porque já era a matéria em que tinha mais dificuldades. Saiu funções sintácticas, formação de palavras...

Vicente Aires, 18 anos, Línguas e Humanidades

PÚBLICO -
Foto
Inês Pinto da Costa

1. Não era muito complicado, correu bem.

2. Sim, foi o mesmo.

3. Nos outros exames saía mais orações e funções sintácticas na parte de gramática. Este ano saiu mais formação de palavras e assim e eu não estava tão bem preparado para isso.

4. Foi gramática e não estava preparado para o Sermão de Santo António aos Peixes.

Francisco Augusto, 17 anos, Línguas e Humanidades

PÚBLICO -
Foto
Inês Pinto da Costa

1. Correu bem, achei relativamente fácil.

2. Sim, correspondeu, foi o mesmo.

3. Tinha estudado mais José Saramago e até Almeida Garrett, estava à espera que saísse algo relacionado com isso e não saiu nada.

4. Correu tudo bem tirando a parte do Sermão. De resto, correu bem.

Texto editado por Pedro Sales Dias

Sugerir correcção