Futebol nacional

Futebol sem contacto físico? Argentinos inventam solução

Campo de futebol está dividido em rectângulos. Jogadores não podem deixar a sua área de jogo. 

Divisão do relvado em rectângulos Agustin Marcarian/Reuters
Fotogaleria
Divisão do relvado em rectângulos Agustin Marcarian/Reuters

Depois de meses sem conseguirem jogar futebol nas ruas com os amigos, os argentinos desenharam uma nova forma de manter o distanciamento físico enquanto matam saudades do desporto-rei.

O criador do jogo, Gustavo Cuiffo, explicou à Reuters que a ideia foi garantir que as regras de higiene e segurança não eram comprometidas num desporto que, tradicionalmente, envolve contacto físico. 

Com uma linha a dividir ao meio o relvado, o terreno de jogo está fragmentado em 12 rectângulos. Os jogadores não podem sair do respectivo espaço, procurando fazer passar a bola pelos adversários até aos avançados.

Cada equipa pode ter até cinco jogadores e o contacto físico é limitado: os jogadores não podem driblar a bola ao longo do campo, não podem fazer entradas em carrinho, com a delimitação a impedir grande parte dos toques.

Jogadores não podem sair da área respectiva
Jogadores não podem sair da área respectiva Agustin Marcarian/Reuters
Guarda-redes tenta defender remate
Guarda-redes tenta defender remate Agustin Marcarian/Reuters
Remate de uma das equipas
Remate de uma das equipas Agustin Marcarian/Reuters
Cabeceamento no interior dos respectivos rectângulos
Cabeceamento no interior dos respectivos rectângulos Agustin Marcarian/Reuters
Jogador tenta fazer chegar a bola aos avançados
Jogador tenta fazer chegar a bola aos avançados Agustin Marcarian/Reuters
Agustin Marcarian/Reuters
Gonzalo Esteche, funcionário de um clube amador, explica as regras a um jovem
Gonzalo Esteche, funcionário de um clube amador, explica as regras a um jovem Agustin Marcarian/Reuters
Sugerir correcção