Autogolo salvou o Tottenham de José Mourinho

Jogo ficou ainda marcado pela discussão entre dois jogadores do clube londrino em pleno relvado.

José Mourinho no meio dos jogadores do Tottenham
Foto
José Mourinho no meio dos jogadores do Tottenham LUSA/Cath Ivill/NMC/Pool

O Tottenham regressou nesta segunda-feira aos triunfos na Liga inglesa de futebol, com um autogolo de um adversário a valer os três pontos aos “spurs” de José Mourinho, no êxito por 1-0 sobre o Everton, na 33.ª jornada.

Foi ao minuto 24 que o médio argentino Giovani Lo Celso rematou à meia-volta, com a bola a bater no central Michael Keane e a mudar de direcção, traindo o guarda-redes Jordan Pickford.

A equipa de Carlo Ancelotti, que usou André Gomes como titular, procurou o empate, contudo o Tottenham, com Gedson Fernandes no banco, manteve a magra vantagem.

O Tottenham partilha agora o oitavo lugar com o Sheffield United, com 48 pontos, a distantes sete pontos do quinto lugar do Manchester United, que vale o último lugar nas competições europeias.

O jogo ficou marcado por um incidente entre dois jogadores de Mourinho, com o guarda-redes Lloris e o avançado Son a discutir fortemente e a terem de ser separados por colegas de equipa, quanto todos se encaminhavam para os balneários, ao intervalo.

O francês protestava com algo e o sul-coreano não se deixou ficar, pelo que valeu a intervenção de vários companheiros para evitar situação mais complicada numa época pesadelo para o Tottenham.

O Liverpool já celebrou o título de campeão que lhe fugia há 30 anos.

Sugerir correcção