Estudo indica que é possível ter imunidade de grupo com apenas 20% de casos

A matemática Gabriela Gomes defende que a meta da imunidade de grupo pode conseguir-se com apenas 20% de infectados na população.

Foto
Na área metropolitana de Lisboa conta-se mais de 17 mil casos em três milhões de habitantes Miguel Manso

Uma questão muito importante para fazer projecções e tomar medidas de saúde pública nesta epidemia da covid-19 encontra-se no número de pessoas susceptíveis a esta infecção na população. Perceber este factor pode ajudar a perceber como esta infecção ainda pode disseminar e pode ajudar a calcular o ponto necessário para atingir a desejada imunidade de grupo. A matemática Gabriela Gomes é uma das autoras de um estudo que indica que este objectivo pode ser alcançado com apenas 20% da população infectados, muito abaixo dos 60% que outros cientistas defendem ser necessário.