Opinião

O boicote judicial aos boicotes palestinianos

Para os juízes do TEDH, o que era relevante no caso Baldassi era o facto de os juízes franceses terem condenado os militantes palestinianos sem apreciarem, em concreto, se se justificava ou não restringir a liberdade de expressão dos militantes palestinianos.

Denunciar as políticas terroristas de Israel não é, de forma alguma, um ataque ao povo judeu ou esquecer que foram as primeiras e principais vítimas de uma das páginas mais negras da história da Humanidade, nem, contrariamente ao que muitos procuram fazer crer, releva de qualquer anti-semitismo. A escandalosa anexação por Israel de uma parte substancial das terras da Palestina, apesar de condenada internacionalmente, é, por exemplo, um dos objectivos a curto prazo do muito pouco recomendável primeiro-ministro israelita.