Lage já deixou o Seixal, Veríssimo orientou o treino

Benfica já comunicou à CMVM as negociações para a rescisão do vínculo que tem duração até 2024.

,UEFA Europa League
Foto
Reuters/Matthias Rietschel

O até agora treinador do Benfica, Bruno Lage, abandonou há minutos o centro de treinos do Seixal, numa altura em que ainda decorre a sessão de trabalho do plantel prevista para as 16h. O abandono do técnico surge depois da confirmação das negociações para a rescisão do contrato.

O dia seguinte à derrota com o Marítimo, que agudizou a crise desportiva da equipa principal de futebol do Benfica, tem sido relativamente tranquilo. Bruno Lage, que comunicara ao presidente, Luís Filipe Vieira, a vontade de colocar o cargo à disposição, chegou ao Seixal pelas 11h e saiu, em viatura própria, pouco depois das 16h.

Para essa hora estava prevista uma sessão de banhos e massagens, sendo que não se sabe quem irá acompanhar o plantel no imediato. Nélson Veríssimo, até agora adjunto de Lage, é a solução mais natural para assegurar a transição, até porque foi ele (um quadro do clube antes do regresso de Bruno Lage a Portugal) quem orientou o treino desta tarde, com os elementos que não foram convocados para o encontro na Madeira. 

Outra das possibilidades para este período (até porque o Benfica tem já jogo com o Boavista agendado para sábado) é Renato Paiva, técnico da equipa B com experiência de trabalho noutros escalões da formação. Foi, de resto, à segunda equipa das “águias” que a direcção recorreu quando anunciou a saída de Rui Vitória.

Até ao momento, não houve nenhuma tomada de posição pública por parte da direcção do Benfica, depois de Luís Filipe Vieira ter manifestado a intenção de falar com a família e reflectir sobre o futuro. A única comunicação oficial feita nesta terça-feira foi o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a dar conta das negociações com Bruno Lage, que tem contrato até 2023

“A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa, nos termos e para o efeito do disposto no artigo 248.º-A do Código dos Valores Mobiliários, que está a negociar um princípio de acordo com o treinador Bruno Miguel Silva do Nascimento (Bruno Lage) para a rescisão do contrato de trabalho desportivo com efeitos imediatos”, explicaram os “encarnados”.

Sugerir correcção