Profissionais de saúde pedem mais coordenação na resposta à covid em Lisboa

Hospitais Amadora-Sintra e Loures sentem há várias semanas a pressão provocada pelo crescimento de casos de covid. Ministério vai reforçar saúde pública de Lisboa e Vale do Tejo com 120 profissionais.

,Saúde
Foto
Hospital de Loures está há vários meses com a lotação próxima do limite Miguel Manso

Lisboa, Odivelas, Loures, Amadora e Sintra. É este o epicentro das preocupações de políticos e autoridades de saúde e há dois hospitais – Amadora-Sintra e Loures – que sentem há várias semanas a pressão provocada pelo crescimento de casos de covid e que já tiveram de transferir doentes para outras unidades. Vem deles e da Ordem dos Médicos o pedido para que haja mais coordenação centralizada e que se oiçam os profissionais que estão no terreno. Ministério vai reforçar saúde pública de Lisboa e Vale do Tejo com 120 profissionais.