Covid-19: mais seis mortes e 323 casos em Portugal. Todos os óbitos foram na região de Lisboa

Lisboa e Vale do Tejo soma este sábado mais 255 casos e seis mortes. Desde o início do surto, foram detectados 41.189 casos de infecção, 1561 pessoas morreram e 26.864 recuperaram.

covid19,coronavirus,saude,sociedade,portugal,doencas,
Foto
Paulo Pimenta

Portugal registou este sábado mais seis mortes, um aumento de 0,39%, e 323 novos casos confirmados de covid-19, uma subida de 0,79%. Desde o início do surto, já foram identificadas 41.189 infecções e morreram 1561 pessoas.

Os dados do relatório de situação diário divulgado pela Direcção-Geral da Saúde (DGS) dão conta de 255 novos casos na região de Lisboa e Vale do Tejo, cerca de 79% das infecções detectadas desde sexta-feira.

Foram dadas como recuperadas mais 231 pessoas, subindo assim para 26.864 o número de recuperações no país, cerca de 65% dos casos. Subtraído o número de mortes e de pessoas curadas, há nesta altura 12.764 casos activos em Portugal, um acréscimo de 86 nas últimas 24 horas. É o sexto dia consecutivo que o número de casos activos aumenta.

O boletim indica ainda que há 442 pessoas internadas (menos 15 do que no dia anterior) das quais 70 estão nos cuidados intensivos (mais três do que na sexta-feira).

A taxa de letalidade global da doença é de 3,8% e sobe para 16,5% acima dos 70 anos, a faixa etária que concentra cerca de 86% das mortes registadas. Nas últimas 24 horas, as mortes registadas foram de um homem entre os 50 e os 59 anos; um homem entre os 70 e os 79 anos; e três homens e uma mulher com mais de 80 anos.

Todas as mortes registadas este sábado foram de residentes da região de Lisboa e Vale do Tejo, aumentando o total desde o início do surto para 463 mortes em 18.361 casos de infecção.

 O Norte é a região com o segundo maior número de casos acumulados desde Março, contabiliza 17.445 casos e 816 mortes, tendo sido detectadas quatro infecções nas últimas 24 horas, o registo mais baixo desde 1 de Junho, dia em que não foi detectado qualquer novo caso.

Foram ainda detectados mais 24 casos na região Centro, 21 no Algarve, 18 no Alentejo e um nos Açores. A Madeira não tem registo de novas infecções.

Sintra, com 22 novos casos, foi o concelho em que foi identificado o maior número de casos nas últimas 24 horas, somando agora um total acumulado de 2499 infectados. Lisboa continua a ser o município com maior número total de casos detectados desde Março, com 3347, mais 12 do que na sexta-feira.

Loures (11 novos casos), Amadora (10 novos casos) e Reguengos de Monsaraz (nove novos casos) são os restantes concelhos com maior número de novas infecções. Dos nove concelhos com mais casos identificados no país, oito fazem parte da Área Metropolitana de Lisboa.

Ainda que a região de Lisboa e Vale do Tejo tenha registado 255 novos casos este sábado, os valores por município são mais baixos do que os que têm vindo a ser apresentados nos últimos dias – Lisboa registou menos 36 casos do que na quinta-feira e Sintra menos 30, por exemplo. Contudo, os números dizem respeito “ao total de notificações médicas no sistema SINAVE, não incluindo notificações laboratoriais. Como tal, pode não corresponder à totalidade dos casos por concelho”.

Até sexta-feira, Portugal tinha registado mais seis mortes por covid-19, 451 novos casos de infecção pelo vírus SARS-CoV-2 (o maior crescimento desde 8 de Maio) e 251 recuperados, para um total de 1555 óbitos e 26.633 recuperações em 40.866 casos desde o início do surto, contabilizando ainda 12.12.484 casos activos.

Sugerir correcção