Os Simpsons deixarão de ter actores brancos a dar voz a personagens não brancas

A decisão foi anunciada esta sexta-feira e surge na sequência da polémica iniciada em 2017, quando o comediante Hari Kindabolu denunciou os estereótipos raciais presentes em Apu, personagem de origem indiana a quem o actor branco Hank Azaria dava voz.

Em <i>Os Simpsons</i>, Apu é o proprietário de origem indiana de uma loja de conveniência
Foto
Em Os Simpsons, Apu é o proprietário de origem indiana de uma loja de conveniência DR

Desde há alguns anos que tem sido posta em causa a escolha de actores brancos para dar voz a personagens com outros tons de pele nas séries de animação. A discussão ganhou visibilidade e maior intensidade em 2017, quando o comediante Hari Kindabolu estreou um documentário, The Problem With Apu, em que criticava os estereótipos raciais projectados em Apu, personagem dos Simpsons de origem asiática a quem o actor branco Hank Azaria dava voz. Três anos depois, os produtores dos Simpsons anunciaram que as personagens não brancas da série deixarão de ter actores brancos e dar-lhes voz.

Em comunicado emitido esta sexta-feira, os produtores afirmam simplesmente que “dando um passo em frente, os Simpsons deixarão de ter actores brancos a dar voz a personagens de cor”. Nenhuma explicação adicional foi dada para a tomada de decisão, no entanto, torna-se impossível dissociar esta tomada de decisão da polémica em volta de Apu, o dono de uma loja de conveniência na Springfield dos Simpsons. No início de 2020, Hank Azaria anunciara que deixaria de dar voz à personagem. Tendo inicialmente reagido de forma defensiva à polémica, Azaria acabaria por mudar de opinião após ouvir as vozes dos americanos de origem indiana que se sentiam discriminados pela forma como Apu retratava a sua comunidade. “Julgo que o mais importante é ouvir as pessoas indianas e a sua experiência [com a personagem]”, explicou numa emissão do The Late Show de Stephen Colbert.

Para além de Apu, Hank Azaria também deu voz, nos Simpsons, a Lou, um polícia negro, e ao mexicano-americano Bumblebee Man. Na sequência dos protestos anti-racistas e do debate em curso sobre o racismo sistémico da sociedade americana, outros actores brancos anunciaram recentemente que deixariam de dar voz a personagens negras. Foi o caso de Mike Henry, voz de Cleveland em Family Guy. “Tem sido uma honra interpretar Cleveland em Family Guy nos últimos 20 anos. Adoro esta personagem, mas devem ser pessoas de cor a interpretar personagens de cor”, escreveu o actor num tweet publicado esta sexta-feira, no qual anunciou o seu afastamento da personagem.

Sugerir correcção