Dos testes por semana aos novos casos por região — os gráficos que determinam um país a três velocidades

A generalidade de Portugal Continental passará em 1 de Julho para a situação de alerta devido à pandemia de covid-19, com excepção da Área Metropolitana de Lisboa (AML), que passará para o estado de contingência.

No final do Conselho de Ministros desta quinta-feira, António Costa admitiu que a situação da epidemia na região de Lisboa e Vale do Tejo é distinta do resto do país, justificando-se, desta forma, a redução do estado de calamidade para um intermédio de contingência. De acordo com os gráficos disponibilidades pelo Conselho de Ministros, a região de Lisboa e Vale do Tejo concentra, desde meio de Maio, grande parte dos novos casos registados em Portugal.