Já lá vão quatro meses: o Governo não tem desculpa

É claro que contratar professores, equipas de saúde pública, rastreadores, condutores de autocarros custa dinheiro. Só que isso também não é desculpa. Quando falamos de dinheiro público, o total que vai ser gasto é tão importante como onde vai ser gasto. Estamos a viver a pior crise do século. Já é altura de o governo acordar para a vida.

Daqui a uma semana, cumprem-se quatro meses desde que a covid-19 chegou a Portugal. Estávamos desprevenidos. Havia desculpa? Não. O relatório do Banco Mundial “From Panic and Neglect to Investing in Health Security: Financing Pandemic Preparedness at a National Level", publicado em 2017, alertou para a frequência crescente de epidemias e para a necessidade de os países se prepararem. Não fomos os únicos a ser surpreendidos, isso agora é passado e não nos vai tirar da crise. Mas entretanto passaram quatro meses. Já não há desculpa para nos apanharem distraídos.