Fases finais da Taça Davis e da Fed Cup reagendadas para 2021

“Desafios” logísticos e legais levaram a organização da prova a optar pelo adiamento.

taca-davis,modalidades,tenis,desporto,
Foto
LUSA/Chema Moya

As fases finais da Taça Davis e da Fed Cup foram reagendadas para 2021, devido a “desafios significativos” motivados pela pandemia de covid-19, anunciaram nesta sexta-feira a Federação Internacional de Ténis (ITF) e os organizadores.

O título da Taça Davis será discutido na semana com início a 22 de Novembro de 2021, em Madrid, pelas 18 selecções que deveriam disputar este ano a prova, enquanto os encontros do Grupo Mundial (I e II), previstos para Setembro de 2020, foram adiados para Março ou Setembro do próximo ano.

A prova feminina de selecções, que deveria ter-se disputado entre 14 e 19 Abril deste ano, mas foi adiada devido à pandemia, sem data marcada, foi agora agendada para idêntico período em 2021, entre 13 e 18 de Abril, mantendo-se em Budapeste.

A ITF e os organizadores da Taça Davis consideraram que existem “desafios significativos a nível logístico e legal” que impedem a realização de um “evento de larga escala em recintos fechados”, como os que estavam previstos para as capitais espanhola e húngara.

Sugerir correcção