Covid-19: OMS aponta para “ressurgimento muito significativo” de casos na Europa

OMS alerta que, na semana passada, “a Europa viu um aumento em casos semanais pela primeira vez em meses” e que os países europeus continuam a registar cerca de 20 mil novos casos e 700 mortes por dia.

,Pandemia
Foto
Barcelona, Espanha Enric Fontcuberta/EPA

A Organização Mundial de Saúde (OMS) apontou esta quinta-feira para um “ressurgimento muito significativo” de novos casos de covid-19 em países da Europa e para uma aceleração da pandemia globalmente.

Em conferência de imprensa virtual a partir de Copenhaga, o director regional para a Europa da OMS, Hans Kluge, assinalou que no resto do mundo a pandemia “continua a acelerar” para números recorde, indicando que no domingo passado se registou o maior número de novos casos de sempre: 183 mil.

Na semana passada, “a Europa viu um aumento em casos semanais pela primeira vez em meses” e nos países da região continuam a ser comunicados cerca de 20 mil novos casos e 700 mortes por dia, apesar de a região apresentar “uma proporção cada vez menor dos casos globais.

“Trinta países registaram aumentos nos novos casos acumulados durante as duas últimas semanas. Em 11 deles, a transmissão acelerada do novo coronavírus levou a um ressurgimento muito significativo que, se não for combatido, levará os sistemas de saúde ao limite mais uma vez”, declarou.

Os novos surtos em países como Espanha, Polónia, Alemanha ou Israel centram-se em “escolas, minas de carvão e ambientes de produção alimentar”.

Sugerir correcção