Miguel Oliveira vai subir à equipa principal da KTM no próximo ano

Com esta subida na carreira, o piloto de 25 anos vai não só estar numa equipa com ambições diferentes, mas também – e sobretudo – ter direito a correr com a moto para a qual é canalizada toda a evolução da KTM.

Oliveira em acção pela Tech 3
Foto
Oliveira em acção pela Tech 3 LUSA/DOMINIK ANGERER

A época 2020 de MotoGP ainda está por começar, mas, para o português Miguel Oliveira, a de 2021 já tem novidades. O piloto de Almada vai mesmo correr na equipa de fábrica da KTM  algo que chegou a ser falado já para 2020 , deixando a equipa Tech 3, esquadrão secundário da marca austríaca.

Com esta subida na carreira, o piloto de 25 anos vai não só estar numa equipa com ambições diferentes, mas também – e sobretudo – ter direito a correr com uma moto para a qual é canalizada toda a evolução da KTM. Em 2019, recorde-se, o melhor colocado da KTM no Mundial, Pol Espargaró, conseguiu várias classificações no top-10, algo a que Miguel Oliveira, na Tech 3, só chegou uma vez (oitavo lugar no GP da Aústria).

Em 2021, Oliveira será companheiro de equipa de Brad Binder, assumindo o lugar que será deixado vago na KTM de fábrica precisamente por Pol Espargaró, que deverá juntar-se à Honda.

Reagindo no Instagram, o piloto português diz-se “orgulhoso e motivado para trabalhar mais do que nunca”.

Sugerir correcção