Bruno Lage reúne-se com Vieira para discutir futuro no Benfica

Série negativa de resultados poderá ditar afastamento do cargo de treinador. Nas últimas 11 partidas, “águias” somam apenas duas vitórias.

luis-filipe-vieira,futebol,sl-benfica,desporto,i-liga,futebol-nacional,
Foto
LUSA/FILIP SINGER

No dia 1 de Junho, Luís Filipe Vieira garantiu em entrevista à Benfica TV que Bruno Lage continuaria no comando técnico das “águias”, fosse ou não campeão. Cerca de três semanas após as declarações, e depois de uma série de jogos muito negativa para o Benfica, discute-se o futuro do treinador que levou os “encarnados” ao título na época passada. De acordo com a imprensa desportiva, os responsáveis do clube, presidente incluído, reúnem-se com Lage no Seixal para decidir o futuro do treinador.

Dois empates, uma derrota e apenas uma vitória é o registo dos “encarnados” desde o regresso do campeonato. Os deslizes do FC Porto não foram aproveitados e o Benfica está agora a três pontos da equipa de Sérgio Conceição — que conserva vantagem no confronto directo. Nos últimos 11 jogos, os actuais campeões nacionais apenas venceram por duas vezes.

O treinador renovou contrato com as “águias”, em Dezembro do ano passado, prolongando-o até 2024. Mas a espiral negativa da equipa poderá encurtar o vínculo. Marco Silva, Jorge Jesus e Leonardo Jardim são os nomes mais falados para uma eventual troca de treinadores na Luz, num momento em que ainda faltam ser disputados seis jogos até ao final da época.

De resto, para além da luta pelo campeonato, o Benfica tem ainda presença marcada na final da Taça de Portugal, na qual irá enfrentar o FC Porto. 

Além da exibição da equipa na derrota caseira frente ao Santa Clara, na terça-feira, as declarações de Bruno Lage no final do jogo também mereceram críticas. O técnico acusou alguns membros da comunicação social de estarem a promover o seu lugar, insinuando que estariam a ser oferecidos jantares e viagens para que essa suposta promoção acontecesse.

Na quarta-feira, o Sindicato dos Jornalistas (SJ) respondeu ao treinador do Benfica, considerando “graves” as acusações feitas profissionais da comunicação social e solicitando a Bruno Lage que apresente provas ou se “retracte publicamente”.

Nesta manhã, Bruno Lage chegou ao Seixal ainda antes das 8h, sendo que o treino da equipa tinha início marcado para as 10h e não foi possível apurar se o foi o técnico setubalense a conduzir a sessão de trabalho.

Sugerir correcção