Das aulas e máscaras às tatuagens e presos: há 25 petições na AR sobre a pandemia

Quatro petições que querem manter as escolas fechadas até Setembro juntam 48 mil subscritores, mas o texto que mais apoio reuniu (34.078 assinaturas) pede o acesso dos sócios-gerentes ao layoff. Pelo ritmo dos trabalhos, podem ser discutidas só daqui a ano e meio.

,Regimento da Assembleia da República
Foto
Miguel Manso

Usar máscara social fora de casa ou proibir o seu uso; não abrir as escolas para aulas e actividades presenciais até Setembro; reabrir as lojas de tatuagens; não fazer exames ou permiti-los para melhoria de nota; apoio ao sector da Cultura; apoios e medidas para a abertura das escolas de dança; permitir o acesso ao layoff dos sócios-gerentes; ajudar os estudantes de Erasmus em Itália a voltar a casa. Estes são apenas alguns dos temas das 25 petições que entraram na Assembleia da República (AR) nos últimos três meses e meio relacionadas com a pandemia de covid-19.