Apoio directo ao arrendamento só chegou a 500 famílias

Presidentes das associações de inquilinos e senhorios estranham uma procura tão reduzida da linha de empréstimos do IHRU e temem impacto que o pós-covid vai trazer a um sector que já estava profundamente desequilibrado.

coronavirus,questoes-sociais,habitacao,arrendamento,economia,imobiliario,
Foto
LUSA/JOSÉ SENA GOULÃO

Hugo Quinta é trabalhador independente e com a eclosão da pandemia de covid-19 e a declaração do estado de emergência perdeu 100% dos seus rendimentos. Mora em Lisboa, numa casa “arrendada há já vários anos” e que não queria perder.