Maestro Borges Coelho renuncia à administração da Casa da Música

Professor e musicólogo era um dos representantes do Estado na instituição. Sai em “desacordo solitário com o modo como tem vindo a ser conduzido o processo dos chamados ‘precários’”, justifica.

casa-musica,seguranca-social,trabalho,politica-cultural,culturaipsilon,musica,
Foto
Maestro Borges Coelho DR

O maestro José Luís Borges Coelho, um dos dois representantes do Estado no Conselho de Administração (CA) da Casa da Música, anunciou esta quinta-feira a sua decisão de renunciar ao cargo, em consequência do seu “desacordo solitário com o modo como tem vindo a ser conduzido o processo dos chamados ‘precários’”.