Votação do Orçamento Suplementar

Orçamento Suplementar aprovado

Nem agora, nem depois, “não há aumento de impostos”, prevê ministro das Finanças.