Centeno nomeou equipa que fiscaliza trabalho do governador do BdP

O ex-ministro das Finanças escolheu os nomes do conselho de auditoria cujo papel é avaliar o trabalho do governador do Banco de Portugal, que poderá vir a ser o ex-ministro das Finanças. Banif e Novo Banco são outros obstáculos no caminho de Centeno.

economia,banif,carlos-costa,banca,banco-portugal,francisco-louca,
Foto
Mário Centeno Daniel Rocha

O caminho político de Mário Centeno para o Banco de Portugal (BdP) abriu-se, esta semana, no Parlamento. Mas dentro do supervisor levantam-se vários obstáculos: o ex-ministro das Finanças foi decisivo na resolução do Banif e sobretudo na concretização de uma venda polémica do Novo Banco, cujo desfecho passará sempre pelo supervisor bancário. Por outro lado, dentro do BdP estão órgãos nomeados por Centeno cujas funções passam por fiscalizar o trabalho do governador.