Torne-se perito

Obama vai participar em angariação de fundos online para Biden

É a primeira iniciativa do ex-Presidente na campanha do seu antigo “vice”. Candidatura de Joe Biden angariou 81 milhões de dólares em Maio.

donald-trump,america-norte,eua,mundo,barack-obama,america,
Foto
Barack Obama e Joe Biden em 2013, na tomada de posse do segundo mandato do ex-presidente Jason Reed/Reuters

O ex-Presidente dos Estados Unidos Barack Obama vai participar numa campanha de angariação de fundos online para a campanha eleitoral de Joe Biden na próxima terça-feira, 23 de Junho. É a primeira acção pública do antigo chefe de Estado na campanha do seu antigo “vice”.

“Este é um momento crítico da nossa história, e precisamos que os americanos de todas as origens e sectores políticos se unam para lutar por uma América mais justa, mais generosa e mais democrática, onde todos possam ter oportunidades justas”, afirmou Obama, ao anunciar a campanha virtual de angariação de fundos, citado pela Bloomberg.

“É por isso que estou tão entusiasmado em me juntar ao meu amigo Joe Biden, para falarmos sobre a sua visão para o país”, acrescentou. Num e-mail enviado aos apoiantes do candidato Democrata, Obama refere-se às presidenciais de Novembro como “as eleições mais importantes das nossas vidas”.

Barack Obama declarou o apoio a Joe Biden em Abril, depois do senador do Vermont, Bernie Sanders, ter abandonado a corrida para a nomeação Democrata à Casa Branca.

A iniciativa de 23 de Junho surge depois de, na segunda-feira, a campanha de Biden ter angariado mais seis milhões de dólares num evento virtual conduzido por Elizabeth Warren, senadora do Massachusetts e ex-candidata às primárias democratas, apontada como uma das potenciais escolhas para “vice” do presumível candidato do Partido Democrata. Até ao momento, foi o evento mais bem-sucedido da campanha de Biden em termos monetários.

Em Maio, Joe Biden, juntamente com o Comité Nacional do Partido Democrata, angariou cerca de 81 milhões de dólares para a sua campanha. Segundo a CBS News, mais de metade dos doadores do último mês são novos contribuintes, e, só nas últimas semanas, mais de 1,5 milhões de novos apoiantes juntaram-se à campanha de Biden.

A campanha de Donald Trump, por seu lado, ainda não revelou os números de Maio. No entanto, segundo a Bloomberg, no final de Abril, o actual Presidente dos EUA tinha mais de 255 milhões de dólares na sua conta, enquanto Biden contabilizava 103 milhões.

Sugerir correcção