Torne-se perito

Movimentos acusados de crimes de ódio têm “uma grande capacidade de regeneração”

A acusação deduzida contra 27 elementos de extrema-direita pelo Ministério Público por discriminação racial, religiosa e sexual não foi para a SOS Racismo uma surpresa. “Nós andamos a dizer há muito tempo que a extrema-direita organizada, de forma terrorista, existe no espaço público português.”

racismo,sociedade,ministerio-publico,policia-judiciaria,crime,justica,
Foto
Nuno Ferreira Santos

Perante os actos apontados na acusação deduzida contra 27 elementos de extrema-direita pelo Ministério Público, o que mais preocupa a SOS Racismo é “a capacidade de regeneração destes grupos”.