Seguindo os passos de Santo António pela Lisboa em que viveu

Uma rota por cinco igrejas, da Sé de Lisboa até uma discreta capela para os lados de Santa Apolónia, leva-nos até à Lisboa do século XII e aos primeiros 20 anos da vida de Fernando de Bulhões, o futuro Santo António.

fugas,patrimonio,artes,santo-antonio,lisboa,religiao,
Fotogaleria
Igreja de Santo Antonio de Lisboa Nuno Ferreira Santos
fugas,patrimonio,artes,santo-antonio,lisboa,religiao,
Fotogaleria
Igreja de Santo Antonio de Lisboa Nuno Ferreira Santos
fugas,patrimonio,artes,santo-antonio,lisboa,religiao,
Fotogaleria
Igreja de Santo Antonio de Lisboa Nuno Ferreira Santos
fugas,patrimonio,artes,santo-antonio,lisboa,religiao,
Fotogaleria
Igreja de Santo Antonio de Lisboa Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Igreja de Santo Antonio de Lisboa Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Igreja de Santo Antonio de Lisboa Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Igreja de Santo Antonio de Lisboa Nuno Ferreira Santos,Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Igreja de Santo Antonio de Lisboa Nuno Ferreira Santos
,Catedral
Fotogaleria
Sé de Lisboa Nuno Ferreira Santos
Igreja de São Vicente de Fora
Fotogaleria
Mosteiro de São Vicente de Fora Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Capela do Vale de Santo António Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Santo António, ícone de Lisboa Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Santo António, devoção e turismo Nuno Ferreira Santos

Foram apenas cerca de vinte anos os que Santo António viveu em Lisboa, desde o nascimento, que se crê ter sido em 1191 (a data exacta não é conhecida, sabendo-se apenas que foi entre 1191 e 1195), até à partida para o Convento de Santa Cruz, em Coimbra. Vinte anos de uma infância, adolescência e juventude na qual já se manifestava de forma muito evidente a sua vocação – e que são, por isso, suficientes para se poder fazer uma pequena rota de Santo António por cinco igrejas no coração da cidade.