Torne-se perito

Ryanair permite alterar voos de Julho e Agosto sem taxa

A companhia já confirmou “mais de 120 rotas” para Portugal nos cinco aeroportos portugueses em que opera.

coronavirus,voos,ryanair,aviacao,fugas,turismo,
Foto
Ryanair espera operar mais de mil voos diários Reuters/ANDREW YATES

No momento em que o desconfinamento é a palavra de ordem e destinos como Itália, Portugal e Espanha já anunciaram a abertura de fronteiras a turistas internacionais, a Ryanair anuncia que a partir de 1 de Julho voltará em força com “mais de mil voos diários”. Em Portugal, são repostas “mais de 120 rotas” da companhia no próximo mês.

Mas, como a pandemia ainda se mantém, assim como as incertezas quanto ao futuro, a companhia área irlandesa de low-cost voltou a flexibilizar a sua política de alteração de voos para “tranquilizar os clientes, permitindo-lhes alterar as suas férias de Verão caso os seus planos de viagem se alterem”, segundo se lê no comunicado à imprensa.

Assim, todas as reservas feitas a partir desta quarta-feira, dia 10 de Junho, para voos a realizarem-se em Julho e Agosto poderão ser alteradas sem taxas adicionais.

“A taxa de alteração de voo será eliminada até 31 de Dezembro de 2020”, informam. Ou seja, as reservas devem ser utilizadas até final do ano, sendo que a isenção de taxas na alteração de rota apenas se aplicará às rotas originais, especificam. 

Sugerir correcção