Manuela Faria deixa direcção de escolas para presidir à ADSE

Mandato de Sofia Portela terminou em Março. Maria Eugénia Pires e Eugénio Rosa reconduzidos como vogais.

Subsistema de saúde dos funcionários públicos tem nova presidente
Foto
Subsistema de saúde dos funcionários públicos tem nova presidente Andreia Carvalho

Manuela Faria, de 61 anos, até agora directora-geral dos Estabelecimentos Escolares, é a nova presidente da conselho directivo do Instituto de Protecção e Assistência na Doença, I. P. (ADSE, I. P.), o subsistema de saúde dos funcionários públicos. A nova presidente substitui Sofia Portela, cujo mandato terminou a 16 de Março.

Maria Manuela Pinto Soares Pastor Fernandes Arraios Faria, licenciada em direito, foi nomeada em despacho conjunto dos ministérios das Finanças e da Modernização do Estado e da Administração Pública, publicado em Diário da República esta sexta-feira.

O despacho reconduz Maria Eugénia Pires e Eugénio Rosa como vogais para o novo mandato de 2020-2023.

Manuela Faria, licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, mestre em Ciências da Educação pela Universidade Católica de Lisboa e pós-graduada em Direito Administrativo pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, deixa o cargo de directora-geral dos Estabelecimentos Escolares, função que exercia desde 1 de Julho de 2018.

A ADSE tem dupla tutela, a do Ministério das Finanças e da Modernização do Estado e da Administração Pública. Este último liderado por Alexandra Leitão, ex-secretária de Estado Adjunta e da Educação no anterior Governo.

Sugerir correcção