Ana Gomes apresenta queixa-crime contra comandante que entregou 98 náufragos à Líbia

Navio de bandeira portuguesa registado na zona franca da Madeira tem armador e comandante alemães. Terão violado o direito do mar e o Direito Internacional por terem deixado os migrantes num local considerado inseguro.

Foto
Ana Gomes DRO DANIEL ROCHA

Ana Gomes entregou nesta sexta-feira uma participação-crime na Procuradoria-Geral da República contra o armador e o comandante do navio porta-contentores Anne por, na passada semana terem entregue no porto líbio de Misrata 98 náufragos que haviam sido recolhidos em águas sob jurisdição de Malta. O navio é de bandeira portuguesa, está registado na zona franca da Madeira, e os dois responsáveis têm nacionalidade alemã.

Sugerir correcção