Juízes recusam fazer julgamentos em salas sem condições para proteger do vírus

Associação sindical encomendou parecer técnico a empresa especializada em segurança e saúde no trabalho. Arejamento e higienização das salas de audiências são os aspectos mais preocupantes.

tribunais,ministerio-justica,associacao-sindical-juizes-portugueses,saude,sociedade,justica,
Foto
Nuno Ferreira Santos

Os magistrados devem recusar-se a fazer julgamentos em salas de audiências que não garantam condições sanitárias suficientes para enfrentar a pandemia de covid-19, aconselha a Associação Sindical de Juízes Portugueses.