Desacordo entre Governo e seguradoras está a “asfixiar” a exportação

Empresas esperam há dois meses pela garantia estatal no seguro de crédito. Já há uma proposta das Finanças, que exclui o mercado nacional e o resseguro. Assim não, dizem seguradoras.

economia,credito,industria,exportacoes,uniao-europeia,governo,
Foto
pgr pedro granadeiro/nfactos

Dois meses depois da luz verde de Bruxelas, um mês depois do "sim” da Assembleia da República, o Governo continua sem solução para apoiar empresas que trabalham com seguro de crédito. A proposta do Ministério das Finanças, discutida numa reunião técnica na sexta-feira passada, desagrada às seguradoras e o impasse é como uma espinha atravessada na garganta de milhares de empresários.