Cabo Verde

Lura grava videoclipe com a filha para assinalar o Dia Mundial da Criança

A cantora cabo-verdiana Lura quis assinalar este Dia Mundial da Criança com uma canção a que deu o nome da sua filha, Nina Santiago, gravando um videoclipe com ela. Já antes colocara no YouTube um vídeo onde cantava para ela, ainda bebé (Nina nasceu no dia 12 de Dezembro de 2016) e no EP Alguem di Alguem (Lusáfrica, 2018) incluiu um tema chamado Nina. Agora, justificando a canção e o videoclipe hoje divulgados, diz: “Nina Santiago é o nome da pessoa mais especial na minha vida, a minha filha. Neste Dia Mundial da Criança quero, com esta canção, celebrar o Amor Incondicional. O Amor que cresce como uma planta que é regada e cuidada diariamente. Quero celebrar esta fonte de inspiração, alegria e motivação que é a minha Nina e que são todas as crianças do mundo. Crianças que, com a força da sua inocência nos motivam dia a dia a sermos melhores pessoas, mães e pais e a superar com distinção cada dificuldade.” A canção, letra e música, é da autoria do cantautor Mário Lúcio Sousa, fundador dos Simentera.

Nascida em Lisboa, em 31 de Julho de 1975, Lura já gravou até agora seis álbuns (Nha Vida, 1996; In Love, 2002; Di Korpu Ku Alma, 2005); M’Bem Di Fora, 2006; Eclipse, 2009; e Herança, 2015) e um EP (Alguem di Alguem, 2018). Em Herança prestou tributo ao património musical e cultural cabo-verdiano (“É essa a minha intenção: valorizar o património, a música e as histórias de Cabo Verde”, disse ela então ao PÚBLICO) e em Alguem di Alguem deu especial relevo ao funaná.

Sugerir correcção