Extrema-direita infiltra-se nos protestos pela morte de George Floyd para fomentar insurreição

O movimento miliciano boogaloo vê oportunidade de alimentar um levantamento contra o Estado federal. Armados, alguns juntaram-se aos manifestantes.

extremadireita,racismo,eua,protestos,mundo,america,
Fotogaleria
Os milicianos boogaloo ganharam força com os protestos anti-confinamento e querem agora explorar os protestos anti-racistas para despoletar uma guerra civil contra o Estado federal BRYAN WOOLSTON/Reuters
extremadireita,racismo,eua,protestos,mundo,america,
Fotogaleria
Limpeza de um graffiti em Minneapolis Reuters/TOM BRENNER

Ganharam ímpeto nas redes sociais e os protestos anti-confinamento deram-lhes nova força nos Estados Unidos. Agora, infiltram-se nas manifestações anti-racistas para combaterem as forças de segurança. Os milicianos boogaloo, de extrema-direita e fortemente armados, defendem uma insurreição armada contra o Estado federal. O PÚBLICO entrou em grupos de Facebook e da rede social Discord do movimento e constatou que as conversas sobre preparações para revoltas ou colapso da sociedade são uma constante.