Clube brasileiro Vasco da Gama anuncia que tem 16 futebolistas infectados

O clube de futebol brasileiro realizou um total de 350 testes de triagem a jogadores, respectivas famílias, e membros da equipa técnica e administrativa.

covid19,coronavirus,vasco-gama,futebol,desporto,brasil,
Foto
Os jogadores infectados apenas regressam aos treinos quando equipa médica achar que não correm risco de infectar ninguém Thiago Ribeiro/Vasco.com.br

O clube de futebol brasileiro Vasco da Gama anunciou que 16 dos seus jogadores registaram testes positivos para o coronavírus e foram afastados do plantel, cujo regresso aos treinos estava programado para esta segunda-feira.

O clube do Rio de Janeiro informou, no seu canal no YouTube, que realizou um total de 350 testes de triagem para a covid-19 a jogadores, respectivas famílias, membros da equipa técnica e administrativa, e que 30% das pessoas testadas “já estava em contacto com o vírus”.

Entre as pessoas submetidas a esses exames, além dos 16 jogadores que apresentaram resultados positivos e foram colocados à margem do restante grupo, há o registo de três que já recuperaram da doença.

“Os jogadores com resultados positivos serão seguidos continuamente e não voltarão ao seio do grupo até termos a certeza de que não haverá o risco de contaminarem os seus companheiros”, disse Marcos Teixeira, chefe do departamento médico do clube carioca.

De assinalar que, no início de Maio, outro grande clube do Rio de Janeiro, o Flamengo, cuja equipa é treinada pelo português Jorge Jesus, anunciou que três dos seus jogadores, que não identificou, estavam infectados, mas, entretanto, já recuperaram.

As competições de futebol no Brasil foram interrompidas em meados de Março devido à pandemia da covid-19, que já matou quase 30 mil pessoas no país.

Sugerir correcção