Suspeito disse à polícia que matou estudante de 23 anos por ciúmes. Corpo por encontrar

Rúben Couto alega que tinha um relacionamento amoroso com a colega de mestrado de 23 anos e que esta terá voltado para um ex-namorado. Mãe alertada por colegas que não conseguiam contactar com a filha decide viajar de Elvas para Lisboa e encontra na casa um cenário de violência.

facebook,lisboa,policia-judiciaria,crime,justica,mocambique,
Foto
Suspeito diz que se desfez do corpo da jovem de 23 anos no Cais da Matinha, em Lisboa. Jose Fernandes

Rúben Couto, 25 anos, foi detido pela Policia Judiciária (PJ) de Lisboa, na quarta-feira, por ser o presumível autor do homicídio de uma colega de 23. A jovem, natural de Elvas, mas a estudar em Lisboa, estava desaparecida há seis dias. O alerta foi dado pela mãe no domingo, depois de contactada por colegas da filha por não conseguirem falar com ela. O homem terá confessado o homicídio e disse que se livrou do corpo no rio Tejo, junto ao Cais da Matinha. As autoridades estiveram a fazer buscas durante a manhã de quinta-feira, mas sem sucesso. O corpo continua por encontrar.