Comissão já tem um número para o seu Plano Marshall: 750 mil milhões

Plano de recuperação proposto pela Comissão Europeia, financiado com uma emissão de dívida europeia, pode fazer chegar a Portugal, nos próximos anos, sob a forma de subvenções e empréstimos, um valor próximo de 15% do seu PIB.

coronavirus,ursula-von-der-leyen,comissao-europeia,economia,uniao-europeia,
Foto
Miguel Feraso Cabral

À bazuca de 750 mil milhões de euros do Banco Central Europeu para assegurar o financiamento imediato dos Estados-membros na resposta à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, a Comissão Europeia veio esta quarta-feira acrescentar um míssil de quase dois biliões de euros para sustentar os investimentos futuros e as reformas necessárias para a retoma e transformação da economia da UE, mergulhada na pior recessão da sua história com uma quebra de 20% do PIB depois de dois meses de paralisação quase total.