Torne-se perito

Homem morre afogado numa praia em Portimão e jovem está desaparecido

Um homem de 65 anos morreu afogado esta terça-feira na praia da Prainha, em Alvor, e um jovem de 25 anos está desaparecido. As buscas estão a ser feitas por mar e por terra, pelas autoridades de Portimão.

,de praia
Foto
Foto de arquivo da praia da Prainha, em Alvor Mario Lopes Pereira

Um homem com 65 anos morreu afogado esta terça-feira, na praia da Prainha, em Alvor, e um jovem de 25 anos continua desaparecido, confirmou a Polícia Marítima de Portimão ao PÚBLICO.

O corpo foi encontrado pelas autoridades marítimas de Portimão, disse à Lusa o comandante Rodrigo González dos Paços, da Capitania do Porto de Portimão. As autoridades marítimas procuram também, na praia da Prainha, um jovem que está desaparecido.

O incidente terá acontecido “possivelmente por volta das 10h, 10h15”desta terça-feira, de acordo com a Polícia Marítima, que diz que a “corrente”, a “maré que estava a vazar” e as “más condições do mar” poderão estar na origem dos afogamentos.

O capitão do Porto de Portimão avançou à Lusa que “por volta das 10h28” receberam “uma informação via Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro para uma situação de pré-afogamento na praia da Prainha, em Alvor”. “Chegados ao local, encontrámos já um cadáver de um homem de 65 anos, e encontra-se desaparecido um jovem de 25 anos”, afirmou.

As autoridades iniciaram as buscas para encontrar o jovem desaparecido e colocaram no terreno um dispositivo que está a trabalhar por mar e por terra e espera a chegada de um helicóptero da Força Aérea que se irá juntar às operações, adiantou o comandante à Lusa.

Para as buscas por mar, que “contam com a ajuda de surfistas”, foram activadas a lancha salva-vidas e a moto de água de Ferragudo e a lancha da Polícia Marítima de Portimão, afirmou o comandante Rodrigo González dos Paços.

Participam no dispositivo, por terra, elementos da Polícia Marítima, do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e dos Bombeiros de Portimão, e “foi pedido, via MRCC [Centro de Coordenação de Busca e Salvamento] de Lisboa, o empenhamento de um helicóptero da Força Aérea EH101, que já foi accionado e é esperado no local”, acrescentou.

A mesma fonte revelou ainda que, após o início das buscas, foi necessário retirar o salva-vidas de Ferragudo do dispositivo e enviá-lo para uma ocorrência numa gruta em Benagil, no concelho de Lagoa, em Faro, onde um homem se sentiu mal. “Recebemos um alerta a dar conta de que um senhor que se sentiu mal na gruta de Benagil foi removido deste dispositivo de buscas a lancha salva-vidas de Ferragudo e, quando regressar, retomará o dispositivo”, explicou o capitão do Porto de Portimão. Questionado sobre o estado de saúde deste homem, respondeu que “ainda se está a avaliar”.

O dispositivo de buscas em Alvor era composto, cerca das 12h20, por 24 homens e nove veículos, segundo a informação disponibilizada pela Protecção Civil na Internet.

Sugerir correcção