Álvaro Amaro: “Em que é que eu prevariquei? Não sei, mas vou saber”

Álvaro Amaro, ex-autarca do PSD e actual eurodeputado, é acusado da prática do crime de prevaricação de titular de cargo político.

Foto
Álvaro Amaro foi eleito eurodeputado do PSD nas eleieç~eos europeias de 2019 Tiago Lopes

O ex-presidente das câmaras de Gouveia e da Guarda Álvaro Amaro é arguido num processo sobre contratos suspeitos. Ao PÚBLICO, o actual eurodeputado do PSD diz que desconhece que crime de prevaricação cometeu, mas vai esperar para saber. Álvaro Amaro viu o Ministério Público do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) Regional de Coimbra deduzir-lhe acusação pela prática do crime de prevaricação de titular de cargo político.