Torne-se perito Opinião

Covid-19: A temperatura a subir...

Dada a anemia da nossa sociedade no que respeita à defesa dos nossos direitos civis, a Comissão Nacional de Protecção de Dados já parece ser uma espécie de ONG que se opõe ao expansionismo liberticida governamental.

A crise da pandemia covid-19 trouxe-nos numerosas medidas restritivas dos nossos direitos, liberdades e garantias, desde a proibição da greve até às restrições à liberdade de circulação e ao respeito pela vida familiar, com os diversos confinamentos e distanciamentos. Tudo medidas, em princípio, transitórias. E, na generalidade, as medidas tomadas pelo poder político e pelas autoridades de saúde pública têm colhido a aceitação dos portugueses na medida em que respeitam o princípio da proporcionalidade, isto é, as mesmas serão adequadas à resolução dos problemas em causa, necessárias para o efeito e proporcionais à dimensão dos problemas. Mas a situação em que estamos a entrar é nova: temos de nos habituar – e somos, sem a menor dúvida, animais de hábitos – ao que é designado como o “novo normal”.