Regina Duarte deixa pasta da Cultura no Governo de Bolsonaro

A actriz tinha tomado posse no início de Março e vai agora dirigir a Cinemateca de São Paulo. Actor Mário Frias deverá ser o escolhido para a substituir.

jair-bolsonaro,cultura,america-sul,mundo,brasil,america,
Foto
Regina Duarte deixou a Globo ao fim de 50 anos para integrar o Governo de Bolsonaro EPA/Joedson Alves

Chegou ao fim a passagem da actriz Regina Duarte pelo Governo brasileiro, onde ocupou a Secretaria Especial da Cultura durante cerca de dois meses e meio. Foi nomeada para dirigir a Cinemateca de São Paulo sem nunca se ter conseguido impor no Governo.