Game of Zones: a bola vai sair do reino

Série que imagina algumas das mais conhecidas personalidades da NBA em contexto medieval tornou-se num fenómeno para os amantes da modalidade com o passar dos anos. Conclusão da sétima e última temporada acontece a 21 de Maio.

guerra-tronos,lebron-james,televisao,culturaipsilon,nba,basquetebol,
Foto
A série acompanhou muitos dos momentos que marcaram a Liga norte-americana de basquetebol durante esta última década DR

A premissa “isto é como se a NBA acontecesse num universo de A Guerra dos Tronos” nunca devia ter funcionado. Na sua descrição mais simples, trata-se de uma série de animação em que alguns dos melhores basquetebolistas do passado e presente da modalidade são transportados para cenários medievais, com armaduras, cavalos, castelos ou sotaques exagerados. Sem qualquer outro tipo de contexto ou conhecimento de causa, é difícil pensar neste conceito como um produto brilhante no meio de tudo aquilo que apresenta de assumidamente absurdo. No entanto, depois de sete mini-temporadas com pequenos episódios que por norma não chegam aos dez minutos de duração e milhões de visualizações no canal de YouTube do site desportivo Bleacher Report, Game of Zones prepara-se para se despedir da legião de fãs que acumulou ao longo dos anos. E os seus criadores – cujo truque, partilham com o PÚBLICO, foi sempre polir todos os detalhes até ao limite da perfeição, “para que as pessoas dissessem ‘Uau, isto foi bem melhor do que eu imaginava!’” — nunca a escreveram tão bem.