ARCOlisboa inaugura edição online com obras de arte e conversas

Cancelada em Abril a edição deste ano, a organização promove um acontecimento digital em que serão apresentadas e comercializadas obras das galerias seleccionadas pelo comité organizador da feira e pelos comissários das secções Opening e África em Foco.

galerias-arte,arte-contemporanea,camara-lisboa,artes,culturaipsilon,lisboa,
Foto
A próxima edição da ARCOLisboa já está marcada para 2021, entre 13 e 16 de Maio Rui Gaudencio

A ARCOlisboa - Feira Internacional de Arte Contemporânea começa esta quarta-feira uma edição online, devido ao adiamento presencial imposto pela pandemia covid-19, com um programa de exibição digital de obras de várias galerias, e conversas entre profissionais do sector.

A edição deste ano da ARCOlisboa, que devia realizar-se no corrente mês de Maio, foi cancelada pelos organizadores, que marcaram já nova data para 13 a 16 de Maio 2021, como anunciou a organização em Abril último.

No entanto, a Feira Internacional de Madrid (Ifema), que organiza a iniciativa com a Câmara Municipal de Lisboa (CML), decidiu promover um acontecimento online, no site www.arcolisboa.com, entre esta quarta-feira e 16 de Junho, numa parceria com a plataforma artsy.net. De acordo com a organização, serão apresentadas e comercializadas obras das galerias seleccionadas pelo comité organizador da feira, e pelos comissários das secções Opening e África em Foco.

O programa geral de galerias conta com a participação de referências no mercado português, como Cristina Guerra Contemporary Art, Filomena Soares, Pedro Cera, e Vera Cortês, além de galerias emergentes como Balcony, Bruno Múrias, Madragoa ou Nuno Centeno. Entre as participantes espanholas estarão Elba Benítez, Elvira González, Heinrich Ehrhardt, Helga de Alvear ou Juana de Aizpuru, e, entre outras estrangeiras, a Balice Hertling (Paris), GeorgKargl (Viena), Greengrassi (Londres), Marcelo Guarnieri (São Paulo) e Sokyo (Quioto).

A secção Opening, organizada pela primeira vez pela instituição independente KunsthalleLissabon, é composta por uma selecção de galerias estreantes na feira e, tal como na edição de 2019, a curadora Paula Nascimento será responsável pela selecção das galerias do programa África em Foco.

Através da plataforma artsy.net, associada ao site da feira, os coleccionadores de arte contemporânea vão poder explorar a selecção de obras que cada galeria participante preparou para este projecto digital. Nesta secção, será dado destaque às escolhas de um grupo de curadores e coleccionadores convidados para a Curators and Collectors Pick, entre os quais se encontram os curadores Luiza Teixeira de Freitas, Bruno Leitão e João Laia.

O Fórum da ARCOlisboa contará com uma média de três conversas semanais transmitidas em directo, que incluem a participação de artistas como Nadia Belerique e Diana Policarpo, em conversas dirigidas pelos comissários João Mourão e Luís Silva/Kunsthalle Lissabon, Paula Nascimento e Filipa Oliveira.

Os curadores João Ribas e Miguel Mesquita irão, por sua vez, analisar as instituições portuguesas e a realidade da arte contemporânea em Portugal, enquanto o curador brasileiro Tiago de Abreu Pinto apresentará uma nova perspectiva de diálogo com coleccionadores portugueses, que conta com a participação, entre outros, dos coleccionadores de arte Armando Cabral e António Cachola.

Este programa contará ainda com a colaboração da vereadora da Cultura da CML, Catarina Vaz Pinto, e de Tobi Maier, director das Galerias Municipais, e será completado com conversas sobre publicações de arte contemporânea, dirigidas pela ArtsLibris.

Sugerir correcção