Onze dias chegaram para mostrar força do choque na economia

Economia portuguesa caiu no primeiro trimestre mais do que aquilo que era previsto pela Comissão Europeia. Previsões de contracção do PIB em torno de 7% este ano começam, num cenário de ainda grande incerteza, a parecer optimistas.

Foto
paulo pimenta

Num cenário de grande incerteza, em que quem faz previsões económicas está a ser forçado a reavaliar constantemente as suas estimativas, os primeiros dados oficiais para o PIB português conhecidos esta sexta-feira acabaram por ser mais negativos do que aquilo que foi projectado como cenário base pela Comissão Europeia na semana passada. E deste modo, mesmo a contracção da economia portuguesa de 6,8% no total deste ano antecipada por Bruxelas pode começar a ser vista como demasiado optimista.