No Brasil, a pandemia só deve atingir o pico em Julho

Em muitas cidades brasileiras, os hospitais já não aguentam a pressão de tantos doentes de covid-19, mas a situação vai agravar-se. Mas falta “o incentivo para que as pessoas fiquem em casa”, dizem os especialistas.

Foto
Trabalhadores instalam mais espaços para caixões no cemitério municipal de São Pedro, em São Paulo, o maior do Brasil Reuters/AMANDA PEROBELLI

A saída do segundo ministro da Saúde em menos de um mês acontece numa altura em que a pandemia da covid-19 no Brasil se propaga a uma velocidade elevada. A ausência de testes em massa e o colapso do sistema de saúde em várias regiões pintam um cenário dramático que a contínua crise política apenas pode agravar.