Em casa, na rua, na lavandaria: manual do dia-a-dia para fugir à covid-19

Como medida preventiva, a DGS aponta, sobretudo, ao distanciamento social. Mas há outras práticas mais concretas - e que ajudam no dia-a-dia - como higiene das mãos, lavagem da roupa e da casa, tratamento do lixo e uso de equipamentos de protecção.

Fotogaleria
A lavagem das mãos é uma das medidas detalhadas pela DGS Reuters/FABRIZIO BENSCH
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria

Como tratar da roupa, que equipamentos de protecção usar – e como os utilizar correctamente –, como limpar a casa e em que produtos apostar. A Direcção-Geral da Saúde (DGS) lançou nesta quinta-feira o primeiro volume de um manual com indicações práticas para a gestão diária da luta contra a covid-19 — cujos sintomas mais frequentes, relembra a DGS, são tosse, febre (acima de 38ºC) e dificuldade respiratória.

Como medida preventiva para a doença, a DGS aponta, sobretudo, ao distanciamento social. É o princípio básico decretado por todas as instituições de saúde. Mas há outros.

Indicações gerais:

Devemos:

- Manter uma distância de pelo menos 1,5/2 metros das outras pessoas.
- Evitar o contacto com pessoas que apresentem sintomas sugestivos de covid-19, como febre, tosse ou dificuldade respiratória.
- Sempre que possível, trabalhar a partir de casa (teletrabalho).
- Utilizar serviços telefónicos para contactar outros serviços (como supermercados ou farmácia) ou agendar a presença nos espaços físicos.
- Em caso de necessidade de cuidados médicos, utilizar serviços telefónicos para contactar os serviços de saúde. Sempre que se justificar, recorrer presencialmente a estes serviços.

Não devemos:

- Partilhar artigos pessoais.
- Frequentar lugares movimentados com aglomerados de pessoas.
- Ter contactos desnecessários (como convívios dentro ou fora de casa).
- Promover ou participar em eventos que reúnam muitas pessoas, sobretudo em espaços fechados.

Higiene das mãos

Regular: lave as mãos frequentemente ao longo do dia e sempre que se justifique (ex: ao chegar a casa ou ao trabalho, quando assoar o nariz, espirrar ou tossir).
Cuidada: lave as mãos durante pelo menos 20 segundos, esfregando sequencialmente as palmas, dorso, cada um dos dedos e o pulso, secando-as bem no final.
Sem acessórios: não se esqueça de remover anéis, pulseiras, relógios ou outros objectos, antes da lavagem das mãos. Estes adereços deverão também ser higienizados após a sua utilização.
Com água e sabão: o vírus é facilmente eliminado com água e sabão, devendo ser este o método preferencial. Caso não tenha acesso a água e sabão, desinfecte as mãos com solução à base de álcool com 70% de concentração (não deve usar, para tal, álcool a 96%).

PÚBLICO -
Foto

Etiqueta respiratória:

Tapar: quando tossir ou espirrar, cubra a boca e o nariz, com um lenço de papel ou com o braço.
Descartar: após a utilização do lenço descartável, deite-o imediatamente no lixo.
Lavar: após descartar o lenço, lave de imediato as mãos. Caso tenha utilizado o braço, lave-o, ou à camisola, assim que possível.

Lavagem da roupa

Só devem descontaminar a roupa os doentes com covid-19, cuidadores de pessoas infectadas, profissionais de saúde e pessoas que possam ter estado em contacto com pessoas ou superfícies contaminadas.

Nestes casos, lavando em casa, devemos:

- Evitar sacudir a roupa suja.
- Ler com atenção as indicações na etiqueta.
- Lavar preferencialmente na máquina, com a maior temperatura possível (pelo menos a 60ºC durante 30 minutos, ou entre 80-90ºC, durante 10 minutos).
- Caso não seja possível lavar a altas temperaturas, usar um produto desinfectante próprio para roupas (como lixívia). Existem produtos desinfectantes próprios para roupas com cor.

Lavando numa lavandaria pública, devemos:

- Organizar as roupas antes de ir à lavandaria.
- Dobrar as roupas limpas em casa, para reduzir o tempo de permanência na lavandaria.
- Usar lenços ou um desinfectante das mãos para limpar os puxadores das máquinas e os botões antes de os utilizar.
- Manter uma distância de 1,5-2 metros, ou esperar do lado de fora ou noutro local, se estiverem outras pessoas na lavandaria.

Lavagem doméstica

A lixívia é um desinfectante doméstico forte, eficaz a eliminar o SARS-CoV-2. A sua utilização deve ser cuidadosa, uma vez que em concentrações elevadas pode ser nociva para o utilizador, além de poluir o meio ambiente.

Como lavar:

No caso em que nenhum dos coabitantes está infectado não é estritamente necessário utilizar lixívia.
- Nos restantes, a lixívia deve ser diluída em água fria.
- Ao aplicar lixívia, abrir as janelas para arejar e renovar o ar.
- No domicílio de uma pessoa com covid-19, deve diluir-se uma parte da lixívia: quatro colheres de chá de lixívia por cada litro de água.
- Limpar as zonas de contacto frequente, como maçanetas, corrimões, interruptores, comandos ou teclados.
- As áreas de confecção de alimentos e instalações sanitárias devem ser descontaminadas com regularidade.
- A limpeza deve ser realizada sempre no sentido de cima para baixo e das áreas mais limpas para as mais sujas.
- Começar por lavar com detergente de uso doméstico e, de seguida, aplicar lixívia diluída em água, deixando actuar 10 minutos.
- No caso de telemóveis, consultar as indicações do fabricante do telemóvel e verificar se pode usar toalhitas humedecidas em detergente ou álcool a 70%;

Equipamentos de protecção

A DGS não decreta apenas um – admite, por outro lado, que cada cidadão escolha o que mais lhe convier, ainda que, para a população em geral, a máscara faça mais sentido, ficando a viseira para profissionais em contextos específicos.

Máscara: permite que o utilizador proteja as pessoas que o rodeiam e o ambiente. Por si só, a máscara não garante protecção. Excepto quando a natureza das actividades não permitir, a máscara é obrigatória em:

- Espaços e estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços.
- Serviços e edifícios de atendimento ao público.
- Estabelecimentos de ensino e creches pelos funcionários docentes e não docentes e pelos alunos maiores de seis anos.
- Transportes colectivos de passageiros.

Viseira: Pode complementar a utilização de máscara, mas não confere protecção respiratória. A sua utilização deve ser considerada por profissionais que possam estar expostos a pessoas que não utilizem máscara, como por exemplo serviços de atendimento ao público, caso não estejam protegidos por uma barreira física.

Luvas: A utilização de luvas na comunidade não está recomendada. A sua utilização incorrecta pode aumentar o risco de transmissão do SARS-CoV-2. A utilização de luvas pode ser recomendada, por exemplo, na manipulação de alimentos, lavagem de roupa ou desinfecção de superfícies contaminadas.

Como usar máscara:

- Higienize as mãos antes de colocar a máscara.
- Verifique qual o lado a colocar voltado para a cara (nas máscaras cirúrgicas deve colocar com o lado branco virado para a cara).
- Prenda-a à cabeça com os atilhos, dando um laço em cada um, ou com os elásticos, sem os cruzar.
- Ajuste a banda flexível na cana do nariz, garantindo que a boca, nariz e queixo estão cobertos.
- Certifique-se que a máscara está bem ajustada à face.
- Evite tocar na máscara enquanto a tiver colocada. Se tocar, higienize as mãos.
- Não deve retirar a máscara para falar, tossir ou espirrar.
- Substitua a máscara por uma nova, se esta estiver húmida, higienizando as mãos. Não deve usar a máscara durante mais de quatro horas seguidas.
- Retire a máscara, segurando nos elásticos, a partir da parte de trás (não toque na frente da máscara).
- Descarte-a de imediato num caixote do lixo.

PÚBLICO -
Foto

Tratamento de resíduos

Se for um caso confirmado ou suspeito de covid-19 deve:

- Utilizar um caixote do lixo com uma tampa, preferencialmente de abertura não manual (com pedal). Caso não tenha um caixote de abertura não manual, lave as mãos antes e depois da utilização;
- Ter um saco de plástico dentro do caixote. Este saco deve ser cheio até no máximo 2/3 da sua capacidade;
- Fechar bem o saco de plástico com dois nós bem apertados e, preferencialmente, com um atilho ou adesivo. O primeiro saco de plástico deve ser colocado dentro de um segundo saco, igualmente bem fechado;
- Os resíduos nunca devem ser calcados, nem deve apertar o saco para sair o ar; 
- Limpar e desinfectar os caixotes do lixo com regularidade;
- Estes resíduos devem ser descartados em contentores colectivos de resíduos, após 24 horas da sua produção (nunca no ecoponto).

PÚBLICO -
Foto
Sugerir correcção