Históricos do PS contra proposta do partido sobre alteração à lei da nacionalidade

Vera Jardim, Manuel Alegre, Alberto Martins e Maria de Belém discordam de entraves à atribuição da nacionalidade aos descendentes de judeus sefarditas.

Fotogaleria
Rui Gaudencio/Publico
Fotogaleria
Vera Jardim, Maria de Belém e Manuel Alegre, em 2007 CL CARLOS LOPES - PòBLICO
Fotogaleria
Alberto Martins, em 2007 DRO DANIEL ROCHA - PòBLICO

Um grupo de históricos do PS assumem discordar da proposta preparada pela bancada parlamentar socialista no sentido de obrigar os descendentes de judeus sefarditas a terem um período de residência mínima de dois anos em Portugal para poderem requerer a nacionalidade portuguesa. A proposta da bancada surge no âmbito das alterações à lei da nacionalidade, que estão a ser discutidas no âmbito de um grupo de trabalho no Parlamento.