Centeno mais pessimista do que Bruxelas nas contas públicas

Ministro das Finanças disse em entrevista que receita do Estado em 2020 pode cair perto de 10 mil milhões de euros. São mais 4,6 mil milhões do que aquilo que está a ser projectado pela Comissão Europeia, quando aponta para um défice de 6,5% este ano.

Mário Centeno
Foto
Nuno Ferreira Santos

Uma quebra “muito próxima de 10.000 milhões de euros” é aquilo que Mário Centeno está a prever para a receita do Estado durante este ano, um valor bastante mais elevado do que o projectado na semana passada pela Comissão Europeia, e um sinal de que o Governo português pode estar mais pessimista que Bruxelas relativamente à evolução das contas públicas no actual cenário de recessão.