Opinião

A proposta de reestruturação de dívida da Argentina

Painel de cerca de 130 notáveis académicos e decisores, que inclui quatro “prémios Nobel”, apoia a proposta do ministro Martín Guzmán.

O Governo da Argentina apresentou uma proposta de reestruturação de 83 mil milhões de dólares da dívida pública da Argentina, 65,5 mil milhões de dólares dos quais sob jurisdição legal e em moeda estrangeiras (dólares, euros, e francos suíços), e o remanescente (17,6 mil milhões de dólares) dívida denominada em dólares sob jurisdição legal argentina.