Reportagem

Valentina iria ficar com a mãe quando o pai emigrasse, daqui a uma semana

Quando tinha seis anos menina assassinada em Atouguia da Baleia dizia na escola não saber quem era o progenitor nem como se chamava. Pai e madrasta são suspeitos de a terem matado.

,Carro compacto
Foto
Ricardo lopes

Valentina, a menina de nove anos que, segundo suspeita a Polícia Judiciária, terá sido morta pelo pai e pela madrasta, ia ficar afastada do progenitor durante bastante tempo. Aos 32 anos, Sandro Bernardo tinha planeado emigrar para a Bélgica com a família já dentro de uma semana, para trabalhar na construção civil, deixando Valentina aos cuidados da mãe, com quem já não vivia.